Quantos já nos visitaram

domingo, 14 de abril de 2013

DIÁSPORA - O HAITI


Dramático demais, vejo no sofrimento desse povo muitas das vergonhas que brasileiros passaram mundo a fora, sendo presos e deportados por buscar alternativas de vida em outros países.
Passados três anos do terremoto que devastou o país caribenho, 1,3 mil refugiados haitianos lotam um acampamento, passam horas deitados em colchões, sobre placas de papelão, à espera de uma autorização para ingressar oficialmente no território brasileiro. A esse contingente somaram-se nos últimos dias 69 senegaleses, dois nigerianos e até um indiano.

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,haitianos-revivem-no-acre-a-miseria-de-um-pais,1020761,0.htm
Passados três anos do terremoto que devastou o país caribenho, 1,3 mil refugiados haitianos lotam um acampamento, passam horas deitados em colchões, sobre placas de papelão, à espera de uma autorização para ingressar oficialmente no território brasileiro. A esse contingente somaram-se nos últimos dias 69 senegaleses, dois nigerianos e até um indiano.

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,haitianos-revivem-no-acre-a-miseria-de-um-pais,1020761,0.htm